OUTROS DESTAQUES
Políticas de comunicação
Proposta da Telebrasil para uso do Fust é derrotada na Confecom
quinta-feira, 17 de dezembro de 2009 , 00h29 | POR REDAÇÃO

Um dos objetivos das empresas de telecomunicações que, agregadas sob a Telebrasil, participaram da 1ª Conferência Nacional de Comunicação (Confecom) era a possibilidade de extrair uma manifestação contundente sobre o uso dos recursos do Fust para projetos de inclusão digital. Mas as empresas pediam, em sua proposta, que os recursos pudessem ser usados direta ou indiretamente, ou seja, sem que necessariamente o Fust precisasse ser pago ao governo para então ser repassado ao projeto. O drama das empresas é que essa proposta foi posta em votação e derrubada durante a primeira plenária da Confecom, nesta quarta, 16.
Foi nesse momento que se percebeu uma falha no processo de sistematização das centenas de propostas que vieram das conferências estaduais. Várias proposições iguais foram colocadas para deliberação simultânea em grupos temáticos diferentes. Com isso, propostas como essa, colocada pela Telebrasil para utilização do Fust, foram negociadas e aprovadas definitivamente em uma comissão e enviadas a plenário em outra. Consequência: a proposta foi rejeitada na votação geral, apesar de ter sido aprovada por outro GT. Segundo apurou este noticiário, essa era a principal causa de atrito entre governo e empresários no segundo dia da Confecom. O governo tentou alterar a redação da proposta em voto na plenária, retirando a possibilidade de aplicação direta dos recursos pelas empresas, mas foi derrotado e a sugestão da Telebrasil acabou excluída da Confecom. O impasse é que, por conta da confusão na sistematização, o item estará no relatório final de qualquer maneira, já que foi aprovado em outro GT.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS
Não Eventos
Top