OUTROS DESTAQUES
TV por assinatura
Novo secretário de comunicações do México nega renovação de concessão à Telmex
segunda-feira, 18 de janeiro de 2010 , 19h48 | POR REDAÇÃO

Ao contrário de seu antecessor Luis Téllez, o novo titular da Secretaria de Comunicações e Transportes do México (SCT), Juan Molinar Horcasitas, não se comprometeu a renovar a concessão de TV da operadora Telmex no país. Segundo ele, aliás, ainda não há uma definição clara sobre a alocação do espectro 2,5 GHz. "Nessa banda há concessões vencidas que devem voltar ao poder do Estado. Precisamos também reorganizar o espectro porque com a mudança tecnológica ele se tornou muito mais produtivo do que há 20 anos, período da outorga das concessões", explica. "A reorganização de um espectro não é um assunto trivial, mas um caso no qual se deve consertar um carro com o motor funcionando e fazê-lo com cuidado, pois há concessões vencidas, outras por vencer e demais que estão vigentes por um bom tempo", acrescenta.
Horcasitas lembrou também que o espectro de 2,5 GHz foi inicialmente concedido para o fornecimento de serviços de televisão via MMDS e evoluiu para o provimento de sinais de banda larga.
A operadora Movistar (MVS) mantém uma série de litígios na justiça mexicana contra a decisão da Comissão Federal de Telecomunicações (Cofetel) de alterar sua posição original e negar a renovação das frequências vencidas de 2,5 GHz, porém a SCT ainda não definiu se adotará um modelo semelhante ao de outros países, onde essa banda foi segmentada e partes licitadas a outras operadoras, ou se atende a demanda da MVS e renova as licenças.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

Principal encontro de lideranças do mercado de telecomunicações

19 de setembro a 20 de setembro
Royal Tulip Brasilia Alvorada, DF, Brasil
Top