OUTROS DESTAQUES
Telefonia móvel
Brasil alcança 89,4 milhões de usuários móveis
terça-feira, 18 de abril de 2006 , 17h08 | POR REDAÇÃO

A telefonia celular fechou o mês de março com 89.408.719 acessos em serviço no País, ao registrar 1.343.401 novas habilitações a mais que as 88.065.318 acumuladas até fevereiro pelo Serviço Móvel Pessoal (SMP). Do total, 71.973.979 (ou 80,5%) de acessos são pré-pagos e 17.434.740 (19,5%), pós-pagos, segundo a Anatel. Foi o melhor mês de março para o serviço desde que a agência passou a registrar os dados setoriais, em 1999. O número de adesões em março cresceu 126% em comparação às 594.407 de fevereiro.
A Vivo permanece na liderança do mercado brasileiro de telefonia móvel, com 33,71% dos assinantes – uma pequena redução em relação aos 34,10% de fevereiro. A TIM mantém a segunda colocação do mercado, com 23,53% (23,52% em janeiro), seguida da Claro, com 21,75% (21,51% em fevereiro). A Oi (Telemar) tem 12,55% (12,39% em fevereiro); a Telemig/Amazônia Celular, 5,18% (5,24% em fevereiro); a 14BrasilTelecom GSM tem 2,75% (2,70% em fevereiro). A CTBC Telecom Celular detém 0,44%, enquanto a Sercomtel Celular continua com 0,09% do mercado.
Segundo o Banco Brascan, o crescimento das adições em março, invertendo uma leve desaceleração de fevereiro, tende a ser pontualmente negativo para as operadoras em termos de rentabilidade, refletindo maiores subsídios no segmento pós-pago e um avanço não esperado nas camadas de baixa renda. Como ponto positivo, o banco destaca a leve melhora no mix de clientes pós-pagos. A Claro foi o principal destaque do mês com a maior contribuição nas adições líquidas, resultado principalmente da postura agressiva da operadora com forte subsídios à aparelhos no segmento pós-pago, o que pode ter refletido na leve perda de
market share da Telemig.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

Principal encontro do mercado de satélites brasileiro

31 de agosto a 1 de setembro
Royal Tulip Rio de Janeiro, RJ, Brasil
Top