OUTROS DESTAQUES
Mercado brasileiro viabiliza solução?
terça-feira, 18 de julho de 2000 , 20h58 | POR REDAÇÃO

A grande dúvida sobre a fabricação de equipamentos CDMA em 1,8 GHz é o tamanho do mercado. O CDMA em 1,8 GHz só existe hoje na Coréia do Sul e sua introdução no Brasil não garante, necessariamente, economia de escala. Mesmo a Qualcomm, que não detém tecnologia GSM e lidera o mercado sul-coreano, tem dúvidas quanto à sua viabilidade. "Acredito que há muitas coisas que atrapalham a adoção desta solução no Brasil. O país terá até sete concessões por área (incluindo as de 3G) e o mercado ficará muito fragmentado, diminuindo a base de assinantes e talvez a tecnologia. Além disso, as atuais teles celulares terão faixas adicionais em CDMA 1,9 GHz. Então, porque expandiriam suas operações com CDMA também em 1,8 GHz?", pondera Joseph Lawrence, diretor de marketing internacional da Qualcomm.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS
Não Eventos
Top