OUTROS DESTAQUES
Estratégia
GVT negocia compra de redes de longa distância
quarta-feira, 18 de julho de 2007 , 14h25 | POR FERNANDO PAIVA

A GVT mantém quatro negociações paralelas para a compra de redes de longa distância que interliguem suas cidades. Os alvos são fibras apagadas de outras operadoras, nas quais a GVT deseja instalar seus próprios equipamentos. ?No passado, as operadoras superestimaram a demanda. Hoje, há muita fibra apagada. É isso que estamos negociando. Não vamos comprar as empresas, mas, sim, seus ativos?, explicou o vice-presidente administrativo e de finanças da companhia, Karlis Kruklis. O executivo não revelou, contudo, os nomes das empresas com as quais estão negociando.
A GVT já tem 100% de sua rede de última milha e agora quer ser dona também de um forte backbone de longa distância. As quatro negociações em curso somam uma rede que representa 50% do tráfego de longa distância da GVT, informou Kruklis.
A GVT investiu R$ 97,3 milhões no segundo trimestre deste ano, dos quais R$ 19,8 milhões foram destinados à aquisição de circuitos de transmissão para seu backbone IP.

Expansão

A operadora promete levar seus serviços de varejo para uma grande cidade do Sudeste ainda este ano. Cerca de 6% do Capex da empresa no segundo trimestre já foram destinados à infra-estrutura nessa cidade, cujo nome ainda não é divulgado. No ano que vem será a vez de outras três ou quatro cidades, também na região Sudeste. A GVT tem uma lista de 23 cidades fora da região 2 onde tem interesse de atuar com serviços para o varejo.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

Principal encontro do mercado de satélites brasileiro

31 de agosto a 1 de setembro
Royal Tulip Rio de Janeiro, RJ, Brasil
Top