OUTROS DESTAQUES
Leilão do SMP
Schymura descarta novo adiamento
sexta-feira, 18 de outubro de 2002 , 19h48 | POR REDAÇÃO

O presidente da Anatel, Luiz Guilherme Schymura,
descarta a possibilidade de novo adiamento do leilão das sobras de SMP. "Só faria sentido adiar mais uma vez se houvesse um fato novo", disse Schymura, acrescentando que até o momento a agência não recebeu qualquer novo pedido de postergação após a divulgação das novas datas para o leilão.
A ATL já se manifestou a favor de que o leilão ficasse para o ano que vem. E é sabido que a Telefônica Celular havia pedido originalmente um adiamento de 90 dias. "A maioria das empresas pediu apenas 30 dias. Não podemos atender a todos ao mesmo tempo", justificou Schymura.

Eleições

Assim que o novo governo assumir, a prioridade da Anatel, segundo Schymura, será discutir o problema do quadro de pessoal da agência, formado atualmente em sua maior parte por funcionários temporários.
Ainda sobre a mudança de governo, Schymura disse que o processo de transição deve reduzir a velocidade no andamento das discussões em torno da escolha de padrão de TV digital e do uso da verba do Fust. "Tratam-se de temas políticos, que exigem uma orientação do Ministério das Comunicações", explicou.
Sobre o debate em torno da possível separação da infra-estrutura de telecomunicações em uma empresa à parte daquelas que prestam serviços, Schymura acredita que a idéia é de difícil implementação. "É complicado definir os limites do que seria separado", comentou o presidente da Anatel, confirmando, porém, que o assunto está começando a ser estudado no âmbito da agência.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS
Não Eventos
Top