OUTROS DESTAQUES
Metas geram divergências
quinta-feira, 18 de novembro de 1999 , 20h51 | POR REDAÇÃO

A Maxitel, BCP, TIM e Global Telecom chegaram a informar à Anatel que não assinariam o protocolo até que ele fosse analisado pelos conselhos administrativos das empresas. O presidente da agência, Renato Guerreiro, afirmou, no entanto, que esta quinta, dia 18, seria o prazo final de assinatura e que as empresas que não o fizeram serão cobradas pelas metas estabelecidas para junho de 2001, o que certamente comprometerá o seu desempenho. Até o final do dia não havia a confirmação sobre a participação destas empresas entre as que apoiavam formalmente o protocolo. Soube-se apenas que a Anatel recebeu de todas as empresas celulares que não assinaram o compromisso uma carta de apoio. Só não se sabe se esta manifestação seria considerada suficiente pela agência.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

Principal encontro de lideranças do mercado de telecomunicações

19 de setembro a 20 de setembro
Royal Tulip Brasilia Alvorada, DF, Brasil
Top