OUTROS DESTAQUES
Handsets
Venda de celulares volta a crescer no Brasil
sexta-feira, 18 de novembro de 2016 , 20h32

O mercado brasileiro de celulares voltou a crescer depois de cinco trimestres seguidos de queda, informa a IDC em seu relatório Brazil Mobile Phone Tracker Q3. Entre julho e setembro deste ano, foram 12,56 milhões de aparelhos comercializados no País, volume 7,2% maior que o registrado no mesmo período do ano passado. Desse total, 88,7%, ou 11,14 milhões, foram smartphones. O restante, ou 1,42 milhão, foram feature phones, ou seja, celulares básicos. Dentre os smartphones, 95,5% eram Android e 4,5%, iOS.

O mercado de smartphones movimentou R$ 10,7 bilhões em receita no terceiro trimestre. O preço médio do produto no Brasil entre julho e setembro foi de R$ 962,96, calcula a IDC. Os feature phones, por sua vez, geraram R$ 179,8 milhões em faturamento no mesmo período, com tíquete médio de R$ 126,65. 76,1% de todos os celulares vendidos no Brasil no terceiro trimestre custavam menos de R$ 1 mil.

Diego Silva, analista da IDC responsável pela pesquisa, atribui o crescimento das vendas à antecipação de encomendas dos varejistas para a Black Friday, que se tornou, no seu entender, a principal data para a venda de handsets no País. Ao mesmo tempo, os fabricantes enxugaram seus portfólios para manter preços competitivos, explicou o analista em comunicado enviado à imprensa.

Diante do resultado acima do previsto no terceiro tri, a IDC pretende rever sua estimativa de vendas para o ano de 2016 inteiro, que era de 40,3 milhões de unidades. Esse número deve ficar mais próximo dos 47 milhões vendidos em 2015.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS
Não Eventos
Top