OUTROS DESTAQUES
Demissões no setor continuarão em 2002
terça-feira, 18 de dezembro de 2001 , 20h40 | POR REDAÇÃO

A Federação Interestadual dos Trabalhadores em Empresas de Telecomunicações (Fittel) calcula que dos 70 mil empregados das empresas que prestam serviços de instalação e manutenção para as teles fixas, pelo menos 50% serão cortados em 2002. Os principais motivos são o término da corrida pela antecipação de metas e queda mundial de investimentos. Segundo a Abinee, apenas no setor eletro-eletrônico foram cortadas 5 mil vagas, metade das quais do setor de telecomunicações. Entre as operadoras, o corte já ultrapassou 7,5 mil vagas. A análise também pode ser lida na revista TELETIME deste mês

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

Principal encontro do mercado de satélites brasileiro

31 de agosto a 1 de setembro
Royal Tulip Rio de Janeiro, RJ, Brasil
Top