OUTROS DESTAQUES
Operadoras devem se reestruturar pensando em fusões
quarta-feira, 19 de abril de 2000 , 22h47 | POR REDAÇÃO

Fonte brasileira da McKinsey, uma das maiores empresas de consultoria empresarial do mundo, avisa que "absolutamente todas as empresas de telefonia do Brasil seguirão o mesmo modelo de reestruturação societária que está sendo adotada na Europa e nos Estados Unidos para deixar a companhia sempre pronta para uma fusão". O esquema básico de reestruturação (que, aliás, é vendido pela própria McKinsey) é a divisão da companhia em áreas de negócios, cada qual com uma empresa independente de telefonia fixa, telefonia móvel, transmissão de dados e portal. Mais ou menos nos moldes do que vêm fazendo a Telefónica Internacional (TISA) em suas controladas.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

Principal encontro do mercado de satélites brasileiro

31 de agosto a 1 de setembro
Royal Tulip Rio de Janeiro, RJ, Brasil
Top