OUTROS DESTAQUES
Negociação de direitos de passagem
segunda-feira, 19 de junho de 2000 , 21h44 | POR REDAÇÃO

As duas empresas têm perfil semelhante: ambas atuam como carriers de carriers com construção e comercialização de infra-estrutura e de direitos de passagem, ou seja, não são operadoras. Cada uma delas poderá, a partir dessa associação, utilizar a rede da outra nos respectivos continentes, ou seja, Barramar vai negociar direitos de passagem da Europa para seus clientes e Case fará o mesmo para seus clientes interessados no Brasil. Para isso, a Case está construindo um backbone submarino, ligando Lisboa (Portugal) a Fortaleza/CE.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

Principal encontro de lideranças do mercado de telecomunicações

19 de setembro a 20 de setembro
Royal Tulip Brasilia Alvorada, DF, Brasil
Top