OUTROS DESTAQUES
Mercado corporativo
Vivo testa aplicativo para médicos e hospitais
terça-feira, 19 de julho de 2005 , 16h38 | POR FERNANDO PAIVA

Iniciando uma estratégia de oferecer aplicativos corporativos cada vez mais segmentados para atender às necessidades específicas dos variados setores da economia, a Vivo prepara o lançamento do "Vivo diagnóstico", voltado para médicos, consultórios e hospitais. Desenvolvido pela Mowa, o aplicativo opera na plataforma Brew e consiste em facilitar a troca de fotos de pacientes, o que permite ao médico, por exemplo, obter com rapidamente com seus colegas, à distancia, uma segunda opinião sobre seus diagnósticos.
A ferramenta foi testada e aprovada por 20 ortopedistas do Rio de Janeiro, que utilizaram-na principalmente para a troca de radiografias. Um novo teste será feito em breve, antes do anúncio do lançamento comercial.
Segundo Alexandre Mangoni, da divisão de conectividade e produtividade da diretoria de negócios de dados e SVAs da Vivo, o mercado médico é carente de aplicações de telefonia celular que atendam suas necessidades profissionais.
"Vivo diagnóstico" foi um dos finalistas na categoria "Inovação" do Brew Conference deste ano.

Mercado corporativo

A Vivo obteve um faturamento bruto de R$ 1,915 bilhão com o mercado corporativo em 2004. A empresa afirma ter 48% de market share nesse segmento, com 220 mil clientes que somam 1,7 milhão de linhas. Este ano a operadora focalizará sua expansão em duas frentes: oferta de aplicativos corporativos para os clientes atuais e conquista de novos clientes entre as pequenas e médias empresas. Atacadistas e empresas de logística são considerados pela operadora como os segmentos com maior potencial de crescimento em 2005.
O aplicativo corporativo mais utilizado pelas empresas clientes da Vivo é o de automação de vendas. A operadora também oferece aplicativos que facilitam a realização de pesquisas, o processamento e acompanhamento de ordens de serviço e de entregas, e o monitoramento de câmeras de segurança.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS
Não Eventos
Top