OUTROS DESTAQUES
Conflito entre sócios
Acordo de put entre Citi e fundos segue suspenso pelo TCU
quarta-feira, 19 de outubro de 2005 , 20h03 | POR REDAÇÃO

Com um pedido de vistas do ministro Augusto Nardes, foi retirado de pauta o processo relatado pelo ministro Benjamin Zymler que analisava o acordo de put firmado pelos fundos de pensão e o Citigroup. Zymler concedeu medida cautelar suspendendo o acordo a pedido do deputado do PFL do Distrito Federal, Alberto Fraga, que utiliza os mesmos argumentos do Opportunity contra o acordo. Não há prazo para que o ministro que solicitou vistas recoloque o assunto na pauta. Na prática, a cautelar do TCU apenas cria problemas políticos para Citi e fundos de pensão, já que a concretização do acordo, com a compra da parte do banco norte-americano na Brasil Telecom pelos fundos, só acontecerá no final de 2007. A cautelar do TCU, contudo, tem servido de base para a oposição levantar suspeitas sobre a forma de atuação dos fundos de pensão.

Supremo

Já no Supremo Tribunal Federal, a disputa é outra. Partidos da base aliada querem que a ministra Ellen Gracie permita que a CPI dos Correios tenha acesso ao hard-disk apreendido pela Polícia Federal na sede do grupo Opportunity, durante batida decorrente da Operação Chacal, que investiga supostas ações de espionagem promovidas pela Kroll a mando de Daniel Dantas. No HD, suspeita-se que haja informações sobre movimentações financeiras irregulares de brasileiros em paraísos fiscais por meio do Opportunity Fund, que participa do bloco de controle de empresas de telecomunicações. Nesta quarta, 19, uma delegação de parlamentares, liderados pela senadora Ideli Salvati (PT/SC) esteve com a ministra para pedir que o Supremo libere a análise do HD pela CPI, o que foi impossibilitado depois que o Opportunity conseguiu liminar. O grupo de parlamentares ouviu da ministra que há a possibilidade de rever a liminar, mas é preciso que a CPI apresente as razões. Ideli Salvati diz que as evidências serão levadas ao Supremo antes do final da próxima semana.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

Principal encontro do mercado de satélites brasileiro

31 de agosto a 1 de setembro
Royal Tulip Rio de Janeiro, RJ, Brasil
Top