OUTROS DESTAQUES
Opportunity vs. TIW: ativos seguem bloqueados e ação virá ao Brasil
sexta-feira, 20 de julho de 2001 , 20h36 | POR REDAÇÃO

A Justiça de Cayman deu novos rumos à ação que a TIW move contra o Opportunity por conta da formatação final do bloco de controle da Telemig Celular e da Amazônia Celular. As autoridades de Cayman mantiveram o bloqueio dos ativos dos fundos administrados pelo Opportunity, no total de US$ 390 milhões. Algumas análises dão conta de que este fato seja um impedimento para que o Opportunity faça aportes de capital nas empresas em que os fundos bloqueados participam. Esta seria a razão verdadeira pela qual a Brasil Telecom, controlada pelo CVC Opportunity, não investiu recursos para antecipar as metas de 2003. Os dirigentes do CVC Opportunity temeriam não conseguir acompanhar a Telecom Italia num aporte de capital, perdendo assim o controle da empresa. Maria Amália Coutrim, diretora do Opportunity, afirma contudo que o bloqueio, apesar de continuar valendo, impede apenas que o Opportunity venda participações no país. "Isso não nos faz diferença, porque queremos justamente comprar, e não vender. Na semana que vem, através de fato relevante, anunciaremos nossa intenção de comprar a parte da TIW nas empresas de telefonia celular", afirmou a executiva. A Justiça de Cayman, sem entrar no mérito, determinou também que o fórum da ação da TIW passe a ser o Brasil daqui para frente.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

Principal encontro do mercado de satélites brasileiro

31 de agosto a 1 de setembro
Royal Tulip Rio de Janeiro, RJ, Brasil
Top