OUTROS DESTAQUES
Mercado
Brasil terá 120 milhões de usuários móveis em 2010, afirma Pyramid
quarta-feira, 20 de julho de 2005 , 19h02 | POR REDAÇÃO

O Pyramid Research estima que o Brasil terá 119,8 milhões de usuários de telefonia móvel até 2010, com taxa de penetração de 56%. No ano que vem, o País deve chegar próximo dos 90 milhões de assinantes. Com a atual competição entre as teles móveis, o Pyramid acredita apenas as maiores operadoras sobreviverão: Vivo, Claro, TIM e Oi. As pequenas operadoras – CTBC, Sercomtel e Telemig/Amazônia Celular – estão em posição vulnerável, de acordo com o instituto. A CTBC e a Sercomtel, inclusive, perderam assinantes em maio deste ano, segundo o Pyramid. A Telemig/Amazônia, por sua vez, está em compasso de espera para uma possível aquisição, com a Claro apontada como a favorita, na análise da empresa.

Margem Ebitda

Entre manter a margem Ebitda e perder market share, o Pyramid aponta que, nessa combinação, tanto a Vivo quanto a Telemig/Amazônia Celular perderam participação total de 4,4 pontos percentuais no mercado total, desde dezembro do ano passado. Futuramente, as teles ainda terão que se preocupar com os níveis da renda média por assinante (Arpu). Na previsão do instituto, o Arpu deve cair dos atuais US$ 11,74 para US$ 10,65 até 2010.
A revista TELETIME que circula neste mês trata da rentabilidade das teles móveis e das alternativas que essas operadoras têm para contornar o atual ambiente competitivo em que a disputa pelo cliente ainda é mais importante que a performance da margem Ebitda.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS
Não Eventos
Top