OUTROS DESTAQUES
Arbitragem entre ações ON e PN perde seus atrativos
quarta-feira, 20 de outubro de 1999 , 21h35 | POR REDAÇÃO

Já é pequena a possibilidade de ganho na arbitragem entre ações ordinárias (ON) e preferenciais (PN) nas holdings do setor de telecomunicações. Nos cálculos de analistas de um dos bancos mais ativos em telecomunicações, as cotações das ON no segmento de celulares estavam, no dia 19 último, em média, 15% abaixo das PN, um percentual considerado já suficiente para cobrir as diferenças de liquidez entre os dois tipos de papel. No caso das companhias de telefonia fixa e da Embratel, a diferença média era de 55% – também considerada suficiente para cobrir a liquidez. A diferença média geral era de 28%.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS
Não Eventos
Top