OUTROS DESTAQUES
Telefonia móvel
Até 2008, 90% dos novos usuários na América Latina serão pré-pagos
sexta-feira, 21 de novembro de 2003 , 15h35 | POR REDAÇÃO

Nos próximos cinco anos, 90% dos 75 milhões de novos usuários de telefonia celular na América Latina devem estar em planos pré-pagos. O número faz parte de um estudo do grupo Pyramid Research e foi apresentado durante a palestra da consultora Juliana Abreu no GSM Américas, esta sexta-feira, 21, no Rio de Janeiro. Segundo Abreu, a base pós-paga crescerá em média 4,4% ao ano até 2008, enquanto a pré-paga terá um aumento médio de 9,3% ao ano.
Diante dessas previsões, Abreu sugeriu que as operadoras comecem a pensar desde já em formas de aumentar a receita média do usuário pré-pago. ?Uma das soluções é oferecer serviços e planos segmentados, distinguindo os diversos nichos de consumidores?, afirmou. De acordo com a Pyramid Research, a ARPU média das operadoras na América Latina gira em torno de US$ 15.

Aparelhos mais baratos

O diretor global de marketing da Nokia Networks, Esa Harju, outro palestrante do evento, lembrou da necessidade de se reduzir o custo de aquisição dos clientes. Ele entende que as operadoras precisam diminuir o subsídio dos aparelhos, até porque os novos usuários têm renda mais baixa e, portanto, demoram mais tempo para trazer retorno. Paralelamente, é preciso que os fornecedores criem aparelhos mais baratos, caso contrário os terminais não terão preços acessíveis para esses novos clientes.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS
Não Eventos
Top