OUTROS DESTAQUES
Indústria
Setor de telecomunicações apresenta queda em exportações em outubro
segunda-feira, 21 de novembro de 2016 , 11h50

As exportações da indústria de telecomunicações caíram 26,4% em outubro comparado ao mesmo mês do ano passado, totalizando US$ 11,5 milhões, de acordo com dados divulgados pela Associação Brasileira da Indústria Elétrica e Eletrônica (Abinee) nesta segunda-feira, 21. Foi a maior queda individual do setor eletroeletrônico, cujas exportações também caíram: 10,4% em outubro, totalizando US$ 427,4 milhões. Mesmo no comparativo com setembro deste ano, as exportações de telecomunicações caíram 15,2%, enquanto a do setor em geral teve uma queda de 9,2%. As exportações de bens de informática tiveram queda no comparativo anual de 12,3% (US$ 23,1 milhões) e de 16,7% em relação ao mês imediatamente anterior.

No acumulado de janeiro a outubro, as telecomunicações caíram 16,2%, somando US$ 162,3 milhões. No geral, o setor eletroeletrônico apresentou redução menor, mas ainda negativa: 3,2%, total de US$ 4,657 bilhões. As exportações de bens de informática, por outro lado, cresceram 36,7%, totalizando US$ 290,2 milhões.

As importações também caíram em outubro no setor em geral: 2,6%, somando US$ 2,295 bilhões. A indústria de telecomunicações importou mais, US$ 178,1 milhões, um avanço de 4,9%, especialmente por conta de aumento de 380% nas importações de celulares, que somaram US$ 69 milhões (desse total, 96%, ou US$ 66,5 milhões, foram adquiridos na China). A Abinee ressalta também que o montante importado de telefones foi o maior desde dezembro de 2014, quando atingiu US$ 84,3 milhões. Por outro lado, a de bens de informática apresentou redução de 7,2%, total de R$ 114,1 milhões.

Mesmo com esse avanço em outubro, o acumulado dos dez meses de 2016 apresentou redução em todos os itens. Em telecomunicações, a queda foi de 16,7%, acumulando US$ 1,362 bilhão. Os bens de informática caíram 20,9%, somando US$ 1,164 bilhão. E no geral, o setor eletroeletrônico apresentou diminuição de 23,7%, total de US$ 21,083 bilhões. Os componentes para telecomunicações foram os produtos mais importados, acumulando US$ 2,972 bilhões de janeiro a outubro, embora ainda seja uma redução de 36% comparado com igual período de 2015.

Dessa forma, o déficit da balança comercial do setor no acumulado do ano somou US$ 16,43 bilhões, 28% abaixo do apontado em 2015. Em comunicado, o presidente da Abinee, Humberto Barbato, citou o baixo nível de atividade da indústria e ressaltou: "Por outro lado, as exportações não estão mostrando mais os resultados positivos que estavam apontando no início deste ano, desde que a taxa de câmbio começou a recuar e situar-se abaixo de R$ 3,50 por dólar, a partir de junho de 2016".

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

Principal encontro de lideranças do mercado de telecomunicações

19 de setembro a 20 de setembro
Royal Tulip Brasilia Alvorada, DF, Brasil
Top