OUTROS DESTAQUES
Citibank diz não estar envolvido em condenação de Cayman
sexta-feira, 22 de março de 2002 , 19h35 | POR REDAÇÃO

Richard Howe, contudo, foi evasivo nas respostas a outras perguntas feitas por TELETIME News. Ele declara que o Citibank não está envolvido na ação que corria na Justiça de Cayman, em que o Opportunity foi acusado de usar documentos roubados no Brasil em outras ações que correm nas cortes do paraíso fiscal e que envolvem Luís Roberto Demarco e a TIW. No entanto, a condenação, que obrigou Daniel Dantas a registrar junto ao Ministério Público do Rio de Janeiro uma carta dizendo que utilizou documentos roubados em uma notícia-crime protocolada na mesma instância, condena também o CVC/Opportunity Equity Partners LP, fundo do qual o Citibank é cotista e por onde são feitos os investimentos do banco para o Brasil. O mesmo fundo do qual o Citibank participa e que leva o seu nome (CVC é sigla de Citibank Venture Capital) foi condenado pela corte de Cayman a pagar uma multa de US$ 25 mil pelo uso de documentos roubados. O Citibank diz ainda que não planeja criar nenhum novo fundo de private equity no Brasil, segundo Richard Howe, desmentindo assim informação divulgada recentemente por TELETIME News.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

Principal encontro do mercado de satélites brasileiro

31 de agosto a 1 de setembro
Royal Tulip Rio de Janeiro, RJ, Brasil
Top