OUTROS DESTAQUES
Atraso na reestruturação da Intelig faz Embratel perder negócios para AT&T
segunda-feira, 22 de maio de 2000 , 20h02 | POR REDAÇÃO

Enquanto não se resolve de vez a saída da Sprint do controle da Intelig, a Embratel/MCI perde importantes negócios para sua concorrente, a AT&T. A reclamação é de Luís Fernando Rodrigues, presidente da MCI Worldcom no Brasil. Rodrigues diz que quer vender produtos para sua espelho, mas não pode, pois pareceria que está favorecendo interesses do grupo internacional, já que, por enquanto, a MCI/Sprint está no bloco de controle da Intelig e da Embratel. Cita como exemplo a venda de circuitos para países onde a Intelig ainda não tem rota direta (que foi fechada com a AT&T) e cartões pré-pagos, como produtos que poderiam ser oferecidos à espelho. No Brasil, a Sprint tem prazo até 31 de agosto para sair da Intelig, enquanto nos EUA o prazo é outubro para conclusão do processo de fusão.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

Principal encontro do mercado de satélites brasileiro

31 de agosto a 1 de setembro
Royal Tulip Rio de Janeiro, RJ, Brasil
Top