OUTROS DESTAQUES
Controle societário
Banco do Brasil abre mão de voto e veto na Telemar
segunda-feira, 22 de agosto de 2005 , 14h51 | POR REDAÇÃO

Tendo em vista as discussões a cerca da possível sobreposição de controle do Banco do Brasil em relação à Telemar (através da Brasil Veículos e da Brasilcap) e à Brasil Telecom (através da Previ), a instituição financeira optou, voluntariamente, por se afastar das decisões da Telemar Participações. De acordo com o comunicado enviado nesta segunda, 22, à Comissão de Valores Mobiliários (CVM), a Brasil Veículos Companhia de Seguros e a Brasilcap Capitalização decidiram não exercer, de forma condicionada, todos os direitos de voto e veto estabelecidos no acordo de acionistas da Telemar Participações de 3 de agosto de 1999. Ambos os acionistas voltarão a exercer os direitos nos casos de: (a) alienação das participações societárias do Banco do Brasil na cadeia de controle da Telemar e da Oi; (b) alienação das participações da Previ nas cadeias de controle da Telemig e Amazônia Celular e da Brasil Telecom; (c) adoção de quaisquer atos, medidas ou operações societárias do Banco do Brasil para atender às disposições da legislação de telecomunicações previamente aprovadas pela Anatel; e (d) a Anatel ou o Poder Judiciário entenda que não há sobreposição de controle do Banco do Brasil.
Brasilveículos e Brasilcap também orientaram seus conselheiros de administração na Telemar a se afastarem do exercício de seus cargos.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS
Não Eventos
Top