OUTROS DESTAQUES
Empresa pode ganhar pelo preço
quarta-feira, 22 de setembro de 1999 , 22h43 | POR REDAÇÃO

A Loral é conhecida por ser uma empresa financeiramente agressiva. Na licitação em que levou a posição orbital brasileira, no início deste ano, ofereceu R$ 33 milhões pela outorga, quando o preço mínimo era de R$ 1,8 milhão. Mesmo assim, não é a única com fortes chances de ser a parceira da Embratel. Telesat Canada (liga à Bell Canada), PanAmSat e empresas européias como Matra Marconi e Alcatel são indicadas por fontes do setor como sérias candidatas a se associarem à operadora de longa distância.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS
Não Eventos
Top