OUTROS DESTAQUES
Aquisições
Bancos recomendam que Telemar compre 100% da Pegasus
terça-feira, 22 de outubro de 2002 , 19h15 | POR REDAÇÃO

Os bancos Goldman Sachs e UBS Warburg, contratados pela Telemar para avaliar a compra da Pegasus, concluíram seu estudo acerca do tema e recomendaram que a operadora adquira 100% das ações da empresa. Até então, a Telemar havia decidido conquistar o controle da Pegasus, mas não necessariamente 100% das ações. Hoje, a concessionária local tem 24,4% da empresa de transmissão de dados. As informações sobre a recomendação dos bancos foram transmitidas a analistas de mercado pela Telemar em uma reunião na semana passada e podem ser encontradas no site da Comissão de Valores Mobiliários (CVM).
O próximo passo no processo de compra é a aprovação pelo conselho de administração da Telemar. Somente o BNDES participará da reunião do conselho, pois os demais sócios – Andrade Gutierrez, La Fonte e GP – têm participação acionária na Pegasus, o que caracteriza conflito de interesses.
Após a aprovação do conselho, o tema será levado a uma Assembléia Geral Extraordinária (AGE), para ser debatido por todos os acionistas – inclusive por aqueles que não dispõem de assentos no conselho, como, por exemplo, os fundos de pensão Previ, Petros e Telos, além do banco gestor Opportunity (também controlador da Pegasus). É possível que nessa AGE surjam contestações à aquisição da Pegasus, pois fontes dos fundos de pensão já disseram que não vêem com bons olhos tal compra, receosas de que a Telemar ofereça um preço acima do valor de mercado.
Vale lembrar que, em janeiro de 2001, a Telemar adquiriu 17,28 % da Pegasus ao preço de R$ 100,4 milhões, valor que, segundo apuração do TELETIME News na época, corresponderia ao ágio de 1.400% em relação a investimentos feitos pelos controladores da empresa apenas três meses antes.

Oi

Na mesma reunião com analistas de mercado, a Telemar informou que, diante dos bons resultados nas vendas da Oi (operação de SMP controlada pela holding), é possível que a empresa consiga um EBITDA positivo antes de 2005. A Oi alcançou a marca de 500 mil usuários em setembro, após três meses de operação. Nos planos da empresa, essa quantidade seria atingida apenas em dezembro. A operadora trabalha agora na reformulação de suas metas para o fim deste ano e para 2003.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS
Não Eventos
Top