OUTROS DESTAQUES
Internacional
Anatel dá 18 meses para Telefônica vender ações na Telecom Italia
segunda-feira, 22 de dezembro de 2014 , 19h28 | POR REDAÇÃO

A Anatel aprovou o pedido de anuência prévia de cisão das ações da Telco, controladora da Telecom Italia, e a subsequente redistribuição das ações dos acionistas da Telco diretamente na Telecom Italia.  A posição da agência é de que a operação pode ser feita desde que o grupo Telefônica, acionista da Telco, perca todos os seus direitos de acionista referentes às ações com direito a voto que ficaria na Telecom Italia. Além disso, a Anatel determinou que a Telefônica, em 18 meses, se desfaça das ações detidas na Telecom Italia.
A decisão é o último capítulo desde que a Telefônica passou a ser acionista indireta na Telecom Italia, em 2007, quando foi criada a holding de controle Telco. Com a dissolução da Telco, ocorrida no início desse ano, a Telefônica se tornará acionista em 14,77% do capital votante da própria Telecom Italia. Parte dessas ações será, inclusive, transferida à Vivendi como parte da aquisição da GVT pela Vivo no Brasil.
Na proposta original do conselheiro relator da matéria, Igor Freitas, não havia a previsão de venda das ações. A sugestão partiu do conselheiro Rodrigo Zerbone, que entendeu que a mera participação econômica pode gerar sim algum tipo de influência sobre a empresa. O Cade já havia determinado que a Telefônica se desfizesse da participação na Telecom Italia. No entanto, o prazo dado pelo Cade vence em junho de 2015.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

Principal encontro do mercado de satélites brasileiro

31 de agosto a 1 de setembro
Royal Tulip Rio de Janeiro, RJ, Brasil
Top