OUTROS DESTAQUES
Projeto de cadastro único está longe de consenso, diz Embratel
terça-feira, 23 de abril de 2002 , 20h42 | POR REDAÇÃO

O projeto de cadastro único de assinantes, que coloca à disposição de todas as operadoras fixas a lista de usuários, pode demorar para sair. Segundo o vice-presidente financeiro da Embratel, José Maria Zubiría, a formação da base de dados é um assunto delicado e pode demorar de nove a 11 meses para se chegar a uma conclusão. A finalização depende da aceitação de todas as teles e o projeto está sendo conduzido com o apoio de consultorias especializadas, diz Zubiría. Quanto ao acordo de co-faturamento com a Telefônica, Zubiría afirma que "é uma negociação complexa, mas estamos perto de fechar o contrato". Assim que for assinado o contrato com a Telefônica, a Embratel tem condições de começar a implantar o co-faturamento em 15 dias, afirma o executivo. Quanto à Brasil Telecom, o acordo está mais difícil porque depende de um acordo final sobre o preço.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

Principal encontro do mercado de satélites brasileiro

31 de agosto a 1 de setembro
Royal Tulip Rio de Janeiro, RJ, Brasil
Top