OUTROS DESTAQUES
EBITDA: previsão é de crescimento sutil para Embratel
segunda-feira, 23 de julho de 2001 , 21h19 | POR REDAÇÃO

BES e Máxima concordam que o EBITDA da Embratel deverá crescer ligeiramente em relação ao trimestre anterior. A BES projeta R$ 429 milhões e a Máxima, R$ 425 milhões. O Sudameris, por sua vez, prevê uma redução no EBITDA, projetando R$ 369 milhões. O EBITDA do primeiro trimestre foi de R$ 422 milhões. Tanto BES quanto Máxima esperam que a Embratel tenha tido uma receita líquida de R$ 1,86 bilhão no segundo trimestre, o que representaria um crescimento em torno de 1% em relação aos três primeiros meses do ano.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

Principal encontro do mercado de satélites brasileiro

31 de agosto a 1 de setembro
Royal Tulip Rio de Janeiro, RJ, Brasil
Top