OUTROS DESTAQUES
Cobrança conjunta
Vésper contesta comunicado da Intelig à Anatel
sexta-feira, 23 de agosto de 2002 , 17h58 | POR LUIZ MOURA

A Vésper envia na próxima semana carta à Anatel informando que as negociações para a cobrança conjunta de ligações de longa distância da Intelig em seus planos pré-pagos não prosperaram porque a carrier não aceitou as mesmas condições acertadas com outras operadoras. De acordo com Francisco de Assis Barbosa vice-presidente sênior de relações institucionais da Vésper, a empresa já realiza a tarifação com a Telemar na área I e vai fazer o mesmo a partir do próximo dia 26 com a Telefônica na área III, mediante a cobrança de R$ 2,10 por conta emitida. Estas condições foram informadas à Intelig que, segundo o executivo, não deu resposta.
A Intelig informou na semana passada que encaminharia à Anatel comunicado de que não chegou a um acordo com a Vésper porque a operadora local não apresentou uma planilha detalhada dos custos operacionais necessários para permitir a cobrança das chamadas de longa distância diretamente sobre seus serviços pré-pagos. Até junho, a Intelig estava enviando faturas separadas para os clientes pré-pagos da Vésper, mas no começo daquele mês decidiu bloquear o serviço. O caso foi encaminhado à Anatel, que determinou a cobrança sobre os créditos e estabeleceu um prazo até a último dia 16 para que a Vésper e Intelig chegassem a um acordo.
Os usuários de planos pré-pagos da Vésper pagam à empresa um valor fixo pelas chamadas locais na rede fixa e adquirem um cartão com créditos no valor de R$ 15 para chamadas de longa distância e para celulares, podendo exercer o direto de escolha da código de seleção de prestadora. Os créditos são descontados e os valores correspondentes repassados às operadoras conveniadas do sistema que completaram as chamadas. Em cada compensação, a Vésper cobra os R$ 2,10 a título de cobertura de custos operacionais. Em contrapartida, o mesmo valor é pago para cobranças conjuntas de clientes da Telemar ou Telefônica que usarem o código da Vésper (89). A Embratel mantém a cobrança em conta separada, sem qualquer previsão de negociar conta conjunta com a espelho.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS
Não Eventos
Top