OUTROS DESTAQUES
Carrier pode suportar endividamento sozinha, diz analista
quarta-feira, 24 de abril de 2002 , 21h54 | POR REDAÇÃO

Também para Victor Martins, do Banco Safra, as perspectivas da Embratel não são tão ruins. "A empresa pode suportar seu endividamento líquido de R$ 3,1 bilhões sem precisar da WorldCom", acredita ele. A expectativa baseia-se na suposição de que as provisões para devedores duvidosos (PDDs) comecem a cair este ano, aumentando assim as disponibilidades de caixa da empresa. Como os investimentos da Embratel também são declinantes, a necessidade de captação também cai nos próximos meses. "A empresa tem todas as condições de sobrevivência", conclui Martins.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

Principal encontro do mercado de satélites brasileiro

31 de agosto a 1 de setembro
Royal Tulip Rio de Janeiro, RJ, Brasil
Top