OUTROS DESTAQUES
Diretor jurídico da Embratel confia na vitória
sexta-feira, 24 de agosto de 2001 , 19h42 | POR REDAÇÃO

O diretor jurídico da Embratel, Pedro Martins, confia que a operadora conseguirá provar à Receita Federal que não deve os R$ 501 milhões. Segundo Martins, os R$ 342 milhões do Cofins dizem respeito a exportações de serviços, que, pela lei, estariam isentas do imposto. "Tratam-se, por exemplo, de serviços de interconexão com a rede da Embratel prestados a operadoras estrangeiras. Consideramos isso exportação de serviços", alega Martins. Quanto aos R$ 159 milhões, a empresa garante ter compensado corretamente o PIS. A defesa da Embratel deve ser entregue dentro de 30 dias. O caso, porém, ainda poderá se estender por muito tempo. Se a Receita não concordar com os argumentos da operadora, esta levará a discussão para a Justiça.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

Principal encontro do mercado de satélites brasileiro

31 de agosto a 1 de setembro
Royal Tulip Rio de Janeiro, RJ, Brasil
Top