OUTROS DESTAQUES
Guerreiro diz que possível fusão é incompatível com Plano Geral de Outorgas
sexta-feira, 24 de setembro de 1999 , 19h32 | POR REDAÇÃO

O presidente da Anatel, Renato Guerreiro, ao ser contatado por TELETIME News, declarou que acabava de ser informado sobre a possível fusão entre as operadoras e que ainda aguardava maiores esclarecimentos sobre o assunto. Mas lembrou que, de qualquer forma, a norma brasileira (através do Plano Geral de Outorgas) impede que uma empresa que controle a concessionária (no caso, a MCI) possa ter participação no controle da empresa-espelho na mesma área de atuação (a Sprint). Também lembrou que o PGO impede que uma operadora de longa distância nacional possa controlar qualquer uma das concessionárias locais ou suas empresas-espelho.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS
Não Eventos
Top