OUTROS DESTAQUES
Mercado
Cabo Telecom investirá R$ 11 milhões em 2012
segunda-feira, 24 de outubro de 2011 , 18h48 | POR DANIEL MACHADO

Uma pequena operadora natalense começa a incomodar as gigantes do setor na capital do Rio Grande do Norte. Trata-se da Cabo Telecom, empresa que há 11 anos oferece telefonia fixa, Internet e TV por assinatura nos municípios de Natal e Parnamirim, e viu seu serviço de telefonia IP crescer 120% somente em 2011.

A estratégia da operadora é ofertar combos com excelente custo/benefício. Segundo o gerente geral da Cabo Telecom, Aldo Silva, um dos pacotes de maior sucesso é o que une TV por assinatura, telefone (com portabilidade) e Internet com 5 Mbps de velocidade por R$ 39,90, valor promocional nos primeiros cinco meses. De acordo com ele, há menos de três meses a Embratel lançou oferta semelhante (porém com canais HD e Internet 10 Mbps) por R$ 0,10 a menos e período promocional de seis meses. “Não vamos entrar em guerra de preços. Eles vendem os serviços por meio de empresas separadas (Net, Via Embratel e Embratel). Nós oferecemos os três serviços diretamente, em uma só fatura e com atendimento local e próprio”, diz o executivo, que garante que a Cabo Telecom é uma das operadoras mais eficientes do Brasil. “Caso seja necessária uma visita técnica, garantimos o serviço em até 3 horas a partir da solicitação. A média de setembro foi de 1 hora e 9 minutos”, comemora. “Nenhuma grande operadora é capaz de fazer isso”, acrescenta.

2012

Além de atendimento, a Cabo Telecom investe também em tecnologia. A operadora opera com um rede híbrida fibra-coaxial (HFC) e possui 1,2 mil quilômetros de cabos coaxiais e 146 quilômetros de fibra óptica. “Para 2012, a ideia é substituir a base de CPEs (equipamentos que vão na casa do assinante) e lançar canais high definition (HD) em fevereiro, além de implantar mais 150 quilômetros de fibra óptica e ampliar a capacidade de placas do sistema de gerenciamento de Internet”, resume.

Dos 30 mil assinantes da base da Cabo Telecom, 85% são residenciais. A operadora também pretende dobrar a participação (de 15% para 30%) no segmento corporativo, principalmente nas pequenas e médias empresas, visto como um rentável nicho de atuação. Para por em prática tudo isso, a operadora pretende investir R$ 13,5 milhões em 2012, menos que os R$ 11 milhões que devem ser aportados até o final deste ano. “Essa queda de Capex se justifica pois em 2011 tivemos necessidades pontuais, como a compra de softswitches IP, da VoIP Group, e atualização da nossa rede”, explica.

Mas em 2013 o investimento da Cabo Telecom deve crescer novamente, pois a empresa pretende ampliar seus serviços às seis cidades da Grande Natal. “Somente a capital Natal tem 900 mil habitantes, enquanto a Grande Natal conta com 2 milhões. Seria um salto e tanto e estamos nos preparando para isso”, finaliza.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

Principal encontro do mercado de satélites brasileiro

31 de agosto a 1 de setembro
Royal Tulip Rio de Janeiro, RJ, Brasil
Top