OUTROS DESTAQUES
Queda no número de pedidos prejudica desempenho da Siemens
quarta-feira, 24 de novembro de 1999 , 20h03 | POR REDAÇÃO

A paralisação dos pedidos logo após a privatização do sistema Telebrás foi um dos principais reveses enfrentados pelo grupo Siemens no Brasil durante o exercício 98/99. Segundo balanço divulgado nesta quarta-feira, 24, a empresa apresentou uma retração de 13,5% no total de pedidos em relação a 97/98, passando de R$ 2,516 bilhões para R$ 2,293 bilhões. A participação da área de telecomunicações e informática deste total cresceu de 34% para 40%. No faturamento líquido total, houve evolução de R$ 2,293 bilhões para R$ 2,561 bilhões. A fatia das telecomunicações neste caso, no entanto, caiu de 53% para 40%. As centrais de comutação responderam por 60% dos negócios realizados pelas Siemens em telecomunicações. Após a privatização, a empresa conseguiu fechar contratos de fornecimento de equipamentos em valor total de cerca de R$ 500 milhões com a Telemar, Telefônica e Tele Centro Sul.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS
Não Eventos
Top