OUTROS DESTAQUES
Pizzolato acredita que nada muda
segunda-feira, 25 de fevereiro de 2002 , 18h43 | POR REDAÇÃO

Por sua vez, o diretor de seguridade da Previ, Henrique Pizzolato, acredita que a postura da fundação em relação à briga com o Opportunity não mudará, independentemente de quem for o substituto de Tarquínio. "O presidente do fundo segue orientações do Banco do Brasil. Quem entrar terá que seguir as mesmas orientações que, aparentemente, não serão modificadas", analisa. "Além disso, tão ou mais importantes que o presidente da Previ são os diretores de investimentos e de administração, que continuam os mesmos', conclui.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

Principal encontro do mercado de satélites brasileiro

31 de agosto a 1 de setembro
Royal Tulip Rio de Janeiro, RJ, Brasil
Top