OUTROS DESTAQUES
Citibank não detalha write-off de US$ 1 bi do balanço de 2001
quinta-feira, 25 de abril de 2002 , 20h19 | POR REDAÇÃO

Analistas que estudaram os registros auditados do Citigroup Inc. na SEC norte-americana, especialmente o último FRY-12, notaram que no ano de 2001 houve um write-off nos ativos internacionais não-financeiros do grupo da ordem de US$ 1 bilhão. Ou seja, o banco declarou oficialmente que seus investimentos no exterior, cujos valores de aquisição foram de US$ 4,7 bilhões, estão avaliados atualmente em pouco mais de US$ 3,6 bilhões. TELETIME News questionou por e-mail o vice-presidente do grupo, Edward Schneider, sobre qual parcela deste write-off se referia a investimentos no Brasil e quais empresas tiveram suas avaliações revistas. O porta voz oficial do Citibank nos EUA, Richard Howe, responde que não é política do Citi detalhar seus investimentos internacionais a não ser que eles representem ganhos ou perdas significativas, dando a entender (mas não afirmando) que o Brasil não seria parte do write-off. Howe declara mais uma vez que o Citibank está satisfeito com os investimentos feitos através do CVC/Opportunity e com a gestão do Opportunity.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

Principal encontro do mercado de satélites brasileiro

31 de agosto a 1 de setembro
Royal Tulip Rio de Janeiro, RJ, Brasil
Top