OUTROS DESTAQUES
Tele resolveu pendências, diz conselheiro da Anatel
quinta-feira, 25 de abril de 2002 , 13h53 | POR REDAÇÃO

De acordo com o conselheiro da Anatel José Pereira Leite, a Telefônica conseguiu resolver todas as pendências regulatórias que vinham atrasando a liberação de suas licenças, solicitadas no final do ano passado. A empresa, segundo ele, assinou termo de compromisso com a Embratel para co-faturamento, fornecimento de cadastro de assinantes e unbundling. A cobrança conjunta será feita mediante o pagamento pela carrier de R$ 1,85 por conta/mês para volumes de até 1 milhão de contas. Até 2 milhões de faturas, o valor cai para R$ 1,80 e para volumes até 3 milhões, cai para R$ 1,78. A questão do cadastro foi dada por resolvida com a iniciativa conjunta das teles de criar uma banco de dados comum, a ser gerido por uma empresa contratada de comum acordo. Quanto ao unbundling, a Telefônica satisfez as exigências da Anatel ao chegar a uma acordo quanto aos preços para desagregação de seu acesso local com a Vésper e a Embratel. Como informou Leite, a Telefônica tinha inicialmente oferecido sua rede ao custo mensal de R$ 80 por par de cobre. Após negociações e intervenção da Anatel, este valor caiu para R$ 36.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

Principal encontro do mercado de satélites brasileiro

31 de agosto a 1 de setembro
Royal Tulip Rio de Janeiro, RJ, Brasil
Top