OUTROS DESTAQUES
Convergência
British Telecom prega separação entre redes e serviços
terça-feira, 25 de abril de 2006 , 18h42 | POR LETÍCIA CORDEIRO, DE MIAMI

A incumbent do Reino Unido, British Telecom (BT), dedicou seus últimos anos na implementação do projeto 21st Century Network (21CN), uma rede convergente IP de alta velocidade que serve de base para oferta da BT para telefonia fixa, móvel e banda larga. O primeiro serviço lançado foi o BT Fusion, que combina telefonia fixa e móvel em um único aparelho e, de acordo com o diretor de desenvolvimento do portfolio 21CN, Daryl Dunbar, os próximos passos serão os lançamentos do serviço de IPTV, BT Vision, e o de TV móvel, BT Movio. ?Nossa rede é uma plataforma de multisserviços, mas não é só nossa, pode servir também para outras operadoras. A chave do sucesso é uma só rede de transporte para conteúdos e serviços independente?, argumenta Dunbar. O executivo conta que atualmente existem mais de 300 provedores de telecomunicações que utilizam a rede da BT para prestar serviços. ?A BT é uma companhia que não tem medo do futuro. Desenvolvemos uma plataforma que nos permite lançar novos serviços rapidamente e aprendemos que o ponto não é não falhar, mas sim falhar rapidamente, corrigir as falhas e reentroduzir um produto no mercado. O cliente sabe o que é bom?, analisa.
Dunbar, entretanto, lembra que antes de poder abrir sua rede para outras operadoras, a BT passou por um longo período de ajustes internos: ?Primeiro foi preciso arrumar a casa e integrar os mais de 3 mil softwares e serviços distintos com as interfaces de usuários?.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

Principal encontro do mercado de satélites brasileiro

31 de agosto a 1 de setembro
Royal Tulip Rio de Janeiro, RJ, Brasil
Top