OUTROS DESTAQUES
Convergência
Música e TV são as apostas da Vodafone
terça-feira, 25 de abril de 2006 , 19h36 | POR LETÍCIA CORDEIRO, DE MIAMI

Enquanto a diversidade de conteúdos se multiplica e a entrega de serviços de valor adicionado (SVAs) começam a atingir um determinado grau de maturidade, o grupo Vodafone optou pelo foco em dois segmentos-chave: música e televisão. E para o diretor de desenvolvimento de conteúdo global do Grupo Vodafone, Graeme Ferguson, a "marca" dos conteúdos será um dos drivers dessa indústria. ?Temos que focar no que realmente é valioso para a operadora e permitir que grandes marcas entreguem seu conteúdo utilizando nossa rede?, pontua. ?É o que os clientes querem e eles pagarão por isso?.
Fergunso analisa, contudo, que esse relacionamento com "conteúdos de marca" muda a cadeia de valor na hora de fazer a divisão de receitas. ?É preciso pagar mais para os grandes estúdios de filmes e gravadoras de música?, diz. Para ter um ecossistema de sucesso, em que todos ganhem, o diretor do grupo Vodafone diz que é preciso segmentar o público-alvo e focar em poucos serviços de valor como download de músicas inteiras e TV. ?O importante nem é o preço, mas sim que o consumidor possa chegar ao conteúdo de maneira ágil e fácil. Temos que ter uma estratégia de valor e oferecer produtos em pacotes de serviços?.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

Principal encontro do mercado de satélites brasileiro

31 de agosto a 1 de setembro
Royal Tulip Rio de Janeiro, RJ, Brasil
Top