OUTROS DESTAQUES
Fusões e aquisições
Telefônica Celular terá de aumentar ativos para formar joint venture
quarta-feira, 25 de setembro de 2002 , 20h06 | POR REDAÇÃO

Um dos resultados inesperados do aumento de capital da Telesp Celular, segundo avaliação do mercado, é que os ativos da Portugal Telecom no Brasil são agora superiores aos da Telefônica Celular. Ou seja: inverte-se a situação de desequilíbrio na composição da joint venture que as duas companhias estão constituindo.
Portanto, são os espanhóis que devem partir em busca de novos ativos para chegar a uma contribuição de 50% do capital da nova empresa. Vale lembrar que no anúncio da associação, em janeiro do ano passado, previu-se a unificação das controladas dos dois grupos ibéricos, cabendo à Portugal Telecom indicar o CEO e à Telefônica Celular o chairman da joint venture.
A Telefônica Celular deve retomar a operação de troca de ações de suas operadoras por BDRs da Telefônica ? a exemplo do que fez com a Telesp fixa. Nesse caso, o negócio seria feito com Tele Leste Celular e CRT. Pode também recomprar ações, em especial da Tele Sudeste Celular, da qual já possui maior participação sobre o capital total.
Outra hipótese seria cobrir a diferença com aporte de recursos ou fazer uma nova aquisição, de forma a complementar a área de cobertura, opção que levaria à TCO e à Telemig Celular. O problema é que uma aquisição de tal porte poderia produzir um novo desequilíbrio entre os sócios ibéricos.
É preciso ter claro, porém, que qualquer que seja a opção, a Telefônica esbarrará em sérios obstáculos conjunturais. A opção mais favorável aos espanhóis seria, evidentemente, a troca de ações por BDRs. Mas as condições de mercado não são boas para isso. As demais envolvem desembolsos substanciais, o que também não é fácil, dada a resistência dos investidores no aumento da exposição ao risco Brasil. De qualquer forma, abre-se, desde já, a possibilidade de um movimento especulativo com ações, principalmente, da Tele Sudeste Celular.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS
Não Eventos
Top