OUTROS DESTAQUES
Internacional
Transação entre Telefónica e BT pela O2 totalizaria 14,1 bilhões de euros
terça-feira, 25 de novembro de 2014 , 18h00 | POR REDAÇÃO

Ainda na segunda-feira, 24, a Telefónica admitiu estar em conversas "muito preliminares" com a British Telecom (BT) para a venda da operação O2, no Reino Unido. O discurso é semelhante ao defendido pela BT, mas, segundo o site espanhol El Confidencial nesta terça, 25, a transação estaria mais avançada do que admitem as operadoras. A venda da O2 seria em troca de 20% de participação na BT, mas também o pagamento em dinheiro de mais 6 bilhões de euros ao grupo espanhol.

Esse avanço nas negociações incluiria a elaboração de um relatório de 18 páginas feito pelo conselheiro delegado da Telefónica, José María Álvarez Pallete, informando as condições da operação, "especialmente a economia de custos que seria conseguida com a fusão entre as duas empresas".

Considerando a participação no capital social da British Telecom e os 6 bilhões de euros que seriam recebidos, o total avaliado pela O2 é de 14,1 bilhões de euros. O valor é significativamente menor do que a Telefónica pagou pela operação britânica em 2005: 26 bilhões de euros na época, ou 17,7 bilhões de libras esterlinas. No entanto, esse total considera a subsidiária irlandesa, que foi vendida para o grupo Hutchison Whampoa por 850 milhões de euros; enquanto a sede alemã foi incorporada pela Telefónica Deutschland; duas unidades que juntas respondiam por 40% do total da O2 em negócios. Ou seja: considerando apenas a operação inglesa, a Telefónica pagou 13,4 bilhões de euros, valor 700 milhões de euros abaixo do que está sendo negociado atualmente com a BT.

O site espanhol afirma ainda que o discurso conservador da britânica se dá pelo interesse paralelo em outra empresa: a Everything Everywhere (EE), que seria a segunda operação que a BT já havia confirmado estar em negociação para aquisição. A EE é uma joint-venture entre a alemã Deustche Telekom e a francesa Orange. A ideia da British Telecom é concorrer em pé de igualdade com a Vodafone, que conta com negócio fixo e móvel no Reino Unido.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS
Não Eventos
Top