OUTROS DESTAQUES
Valor adicionado
Operadoras fazem gerenciamento automático de handsets
segunda-feira, 26 de fevereiro de 2007 , 19h19 | POR FERNANDO PAIVA, DO RIO DE JANEIRO, E IVONE SANTANA

A Oi adotou uma plataforma de gerenciamento de handsets fornecida pela Nokia. Por enquanto, ela atua somente sobre a base pós-paga da operadora, mas em março deve expandir o serviço para os clientes pré-pagos. A função dessa plataforma é identificar quando um celular desconfigurado tenta acessar algum serviço de dados da operadora, como WAP ou MMS (mensagens multimídia). A plataforma, então, envia automaticamente as configurações corretas para o aparelho em questão. Sem esse sistema, seria necessário esperar um contato do cliente com o call center para o envio das configurações.
A adoção de plataformas de ?device management? torna-se cada vez mais importante no Brasil conforme crescem as vendas de celulares desbloqueados no País. Esses aparelhos em geral vêm sem as configurações necessárias de cada operadora para acessar WAP e MMS.

BrT obtém 90% de adesão

Com o recurso para automatizar a configuração do terminal do cliente para envio de MMS e acesso ao WAP, implantado desde o lançamento comercial do serviço móvel, a Brasil Telecom GSM tem obtido resposta positiva dos clientes. A solução, fornecida pela SmartTrust, detecta o aparelho e o modelo durante o primeiro acesso e pergunta ao usuário se quer configurar para dados. Da base de 3,8 mil clientes, 90% disseram sim, afirma o diretor de planejamento de infra-estrutura de serviços da BrT GSM, Paulo Matos. Atualmente, entre os usuários de dados da BrT, 60% utilizam SMS e 20% o WAP. Mais detalhes sobre este assunto na edição jan/fev de TELETIME, que circula este mês, sob o título: ?Dados: Facilidade para atrair usuário.?

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS
Não Eventos
Top