OUTROS DESTAQUES
Mercado
Contrato da Telefônica com a Nextel prevê mais serviços além de roaming
quarta-feira, 26 de fevereiro de 2014 , 13h01 | POR BRUNO DO AMARAL

Anunciado em janeiro, o acordo da Nii Holdings com a Telefónica para o uso da infraestrutura das controladas do grupo espanhol no Brasil e no México pela Nextel estava limitado a áreas de roaming. Entretanto, há mais elementos nessa história, que pode evoluir para um compartilhamento mais completo de rede. Conforme revelou nesta quarta-feira, 26, o diretor geral da Telefônica/Brasil, Paulo César Teixeira, durante conferência de resultados da operadora, o roaming é apenas a primeira parte da parceria. “O próximo passo é ter uma exploração industrial”, explicou. “Eles vão usar a nossa rede para promover os serviços”, disse, sem dar mais detalhes.

De acordo com Teixeira, esse contrato com a Nii foi submetido à aprovação regulatória da Anatel, que teria dado uma previsão de 60 dias para entregar o resultado. “Talvez ocorra em menos tempo”, disse. Como a parceria foi anunciada em janeiro, é possível que já em março haja algum posicionamento da agência.

O diretor geral lembra que a Nextel já está anunciando contar com uma cobertura maior em 3G. “São localidades onde já temos competição, mas estamos permitindo que a Nextel use em condição de roaming. O acordo prevê que isso evolua para a exploração industrial”, ressaltou.

Na semana passada, o presidente da Telefônica, Antonio Carlos Valente, reconheceu que contratos de compartilhamento de rede iriam ficar cada vez mais frequentes no mercado brasileiro por conta da demanda e necessidade de otimizar custos. Na ocasião, ele não quis comentar sobre o contrato da Nii Holdings com a controladora Telefónica, mas chegou a negar que o acordo faria da Nextel uma espécie de MVNO com a rede alugada.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

Principal encontro do mercado de satélites brasileiro

31 de agosto a 1 de setembro
Royal Tulip Rio de Janeiro, RJ, Brasil
Top