OUTROS DESTAQUES
Estratégia
FTTH é um dos focos de investimento da Telefônica em 2014
quarta-feira, 26 de fevereiro de 2014 , 16h00 | POR BRUNO DO AMARAL

Em 2013, a Telefônica/Vivo conseguiu retomar o crescimento dos acessos fixos de banda larga e TV paga, conforme divulgado nos resultados financeiros referentes ao último trimestre, encerrado em dezembro.  Agora, a tele pretende investir mais na área, expandindo a cobertura de cabos óticos e fazendo com que se torne "uma companhia de fibra". De acordo com o diretor geral da operadora, Paulo César Teixeira, a empresa deverá aumentar o Capex para representar entre 8% a 9% das receitas no ano. E nas diretrizes desse capital para investimento, a fibra é um dos maiores focos.

Após crescer 80% no ano passado, a Telefônica pretende dobrar o número de homes-passed com fiber-to-the-home (FTTH) em São Paulo em 2014, acelerando a expansão em áreas premium do Estado nos próximos anos.  "Temos 204 mil usuários e achamos que neste ano teremos uma boa oportunidade para crescer em áreas importantes em São Paulo onde hoje cobrimos com cabo, pois sabemos que tem muita gente nas classes A e B para oferecer essa solução (de fibra)", afirmou ele em conferência para analistas.  Atualmente, a empresa tem 1,9 milhão de homes passed, sendo 1,4 milhões de residências "comercializáveis".

Ele admite que o negócio de FTTH ainda não é expressivo em termos de receitas, mas prevê que isso possa mudar. "Achamos que temos um novo momento na companhia, então é nossa intenção acelerar isso e crescer", declara. Naturalmente, a estratégia de FWT (tecnologia móvel para acessos fixos, que usa o SIMcard 3G ou 4G da empresa), que já conta com 484 mil acessos, continua sendo promovida para o Brasil inteiro.

TV paga

Junto com a fibra e ofertas de ultra banda larga, a operadora continua a promover seus serviço de IPTV. Segundo a empresa, os acessos com essa tecnologia de TV paga cresceram 6,8 vezes entre o primeiro e o último trimestre do ano passado. "Temos intenção de ir em diante com esse projeto, aumentando a velocidade de crescimento, pois aprovamos nosso orçamento para isso", diz Teixeira.

Essa estratégia baseada em fibra, por enquanto, está restrita à capital paulista. Para o interior do Estado, a Telefônica pretende continuar oferecendo acessos de banda larga por cabo de cobre e TV paga por meio de DTH.

A expansão se reflete também no aumento da base fixa em geral, incluindo telefonia, banda larga e TV paga. "Hoje temos cerca de 50 mil novos usuários ao mês, achamos que podemos dobrar esse número nos próximos meses", disse ele.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

Principal encontro do mercado de satélites brasileiro

31 de agosto a 1 de setembro
Royal Tulip Rio de Janeiro, RJ, Brasil
Top