OUTROS DESTAQUES
IMPOSTOS
IR recolhido pelo setor de telecomunicações despenca 62% em abril
sexta-feira, 26 de maio de 2017 , 11h53

A arrecadação doe Imposto de Renda ou da Contribuição sobre o Lucro Líquido das empresas de telecomunicações voltou a cair em abril em 62,09% na comparação com igual mês de 2016. No total, as empresas recolheram R$ 77 milhões ante R$ 203 milhões no mês do ano anterior, conforme dados divulgados pela Receita Federal.

De janeiro a abril, o setor recolheu R$ 388 milhões desses impostos, R$ 231 milhões a menos que os R$ 619 milhões pagos em igual período do ano passado, representando uma queda de 37,34%. Para a Receita, o resultado do mês de abril foi determinado principalmente pelo comportamento da arrecadação do IRPJ/CSLL dos recolhimentos feitos por estimativa mensal que apresentaram redução. A queda em relação ao mesmo mês do ano anterior foi de R$ 3,2 bilhões, ou uma redução pelo IPCA de 33,1% no valor arrecadado.

Atividades de rádio e televisão também recolheram menos IRPJ/CSLL de janeiro a abril deste ano: as empresas pagaram à Receita R$ 449 milhões, contra R$ 702 milhões desembolsados no mesmo período do ano anterior. A queda ficou em 36,12%.

Já a arrecadação de impostos e contribuições federais como um todo apresentou pequeno avanço: chegou a R$ 118 bilhões em abril, com crescimento de 2,27% em relação ao mesmo período de 2016. De janeiro a abril, o total arrecadado ficou em R$ 446,8 bilhões, 0,65% maior que o registrado em igual período do ano passado.

Consideradas apenas as receitas administradas pela Receita Federal, no entanto, o valor arrecadado ficou em R$ 112,5 bilhões em abril, com queda real de 1,3% em relação a abril de 2016. No acumulado de janeiro a abril, o valor arrecadado chegou a R$ 432,4 bilhões, apresentando um decréscimo real de 0,93%.

 

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS
Não Eventos
Top