OUTROS DESTAQUES
Embratel tenta negociar licença condicionada com a Anatel
quinta-feira, 26 de julho de 2001 , 20h39 | POR REDAÇÃO

A vice-presidenta de serviços locais da Embratel, Purificación Carpinteyro, esteve na Anatel nesta quinta, dia 26, para novamente pedir que a agência conceda uma autorização para prestar serviços locais condicionada à antecipação de metas. Segundo ela, a negociação de contratos de interconexão com as teles locais está parada porque as empresas alegam que não são obrigadas a negociar se a concessionária não for detentora de licença. "O regulamento de verificação de metas diz que a licença só pode ser pleiteada depois que o certificado de cumprimento de metas for emitido. Como este processo leva no mínimo 120 dias, é impossível oferecer o serviço local em janeiro de 2002. E esta data está prevista no PGO", explicou a executiva. A única solução para o impasse, na opinião da Embratel, é ter a licença nas mãos para que os contratos de interconexão possam ser negociados.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

Principal encontro do mercado de satélites brasileiro

31 de agosto a 1 de setembro
Royal Tulip Rio de Janeiro, RJ, Brasil
Top