OUTROS DESTAQUES
Serviços móveis
Encomendas para PTT da Vivo chegam a 150 mil
terça-feira, 26 de julho de 2005 , 19h13 | POR LETÍCIA CORDEIRO

As encomendas de handsets com função push-to-talk (PTT) feitas pela Vivo para este ano alcançam o montante de 150 mil aparelhos, segundo fonte do mercado. Os pedidos estão divididos entre os fabricantes Kyocera, Motorola, que forneceram os primeiros aparelhos para o serviço Vivo Diretor, e também entre LG e Samsung, que trarão novos aparelhos para o início de agosto, ocasião em que o serviço voltará a ser comercializado.
O vice-presidente de marketing e inovação da Vivo, Luis Avelar, confirmou que estão sendo feitos ajustes na plataforma e também na configuração dos aparelhos, que permitirão o lançamento de novos planos. Entretanto, o executivo acredita que o lançamento do Vivo direto para o mercado residencial não deve acontecer este ano. "Estamos calculando ainda o preço do serviço, com o cuidado de não destruir o valor das chamadas de voz e não sei o mercado residencial está disposto a pagar este preço", pondera Avelar. "Além disso, para lançar o serviço para grupos de famílias, teremos de dar subsídio para a troca de todos os aparelhos".
Mas se o mercado residencial pode ainda não está disposto a pagar pelo serviço, o corporativo está. Segundo Avelar, os 30 mil usuários para o Vivo Direto que a operadora estimava no início do ano até o fim de junho só não foi alcançado ainda pela falta de aparelhos com PTT, o que deve deixar de ser um problema após a entrega da nova leva de handsets encomendados.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS
Não Eventos
Top