OUTROS DESTAQUES
CPI da Anatel
Apenas lideranças de pequenos partidos indicaram representantes
sexta-feira, 26 de agosto de 2005 , 19h50 | POR REDAÇÃO

Uma semana depois de iniciada a contagem do prazo de 48 horas para que as lideranças partidárias indiquem os nomes dos deputados que deverão compor a CPI da Anatel, aprovada pelo plenário da casa na semana passada, apenas pequenos partidos já o fizeram. O PT (quatro vagas), PMDB (quatro vagas), Bloco PFL/Prona (três vagas), PSDB (duas vagas), PTB (duas vagas), PL (duas vagas) e PC do B (uma vaga) ainda não fizeram suas indicações. Do Partido Popular (PP) foram indicados como titulares Dilceu Sperafico (PR) e Pedro Canedo (PE), e como suplente, Ricardo Barros (PR), restando ainda uma vaga de suplente.
O PPS indicou como titular Nelson Proença (RS) e como suplente Colbert Martins (BA). O PSB indicou Gonzaga Patriota (PE) como titular e não indicou suplente. O PDT indicou Mario Heringer (MG) como titular e André Figueiredo (CE) como suplente. E o PV indicou Sarney Filho (MA) como titular e Leonardo Mattos (MG) como suplente. Observadores consideram ser muito difícil que o quadro de deputados para a CPI se complete, ou até mesmo que esta seja realmente instalada, uma vez que não há clima no Congresso para o trabalho de mais uma CPI, além das três CPMI que vêm polarizando a atenção da opinião pública nacional e, de certa forma, paralisando o Congresso Nacional.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS
Não Eventos
Top