OUTROS DESTAQUES
Ponto extra
Usuários aproveitam consulta pública para fazer queixas à TV paga
terça-feira, 26 de agosto de 2008 , 21h42 | POR REDAÇÃO

A grande massa de comentários à consulta pública sobre mudanças no Regulamento de Proteção e Defesa dos Direitos dos Assinantes dos Serviços de Televisão por Assinatura foi de pessoas físicas. E, assim como o Idec (instituto de defesa do consumidor), os comentários foram quase todos em apoio à decisão da Anatel de impedir a cobrança do ponto extra. Os usuários, em geral, alegam que não acham justo pagar pelo serviço e ainda precisarem contratar a colocação dos pontos em outros cômodos da casa. Há dezenas de comentários idênticos feitos por pessoas diferentes, o que leva a crer que algumas manifestações foram organizadas.
Mas o mais interessante dos comentários dos usuários não é a defesa da gratuidade do ponto extra. São as queixas colocadas em relação a outros aspectos do serviço de TV por assinatura. As manifestações cobrem uma variedade de temas, que incluem o fato de não haver must-carry nas operações de DTH, a impossibilidade de se adquirir canais individualmente em lugar de pacotes de programação, a falta de recursos dos set-tops de TV por assinatura, a limitação a gravação de alguns programas, o tempo de fidelidade exigido pelas operadoras em algumas promoções e o excesso de comerciais na programação de TV paga.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

Principal encontro do mercado de satélites brasileiro

31 de agosto a 1 de setembro
Royal Tulip Rio de Janeiro, RJ, Brasil
Top