OUTROS DESTAQUES
Política internacional
Vinte e seis países podem ser impedidos de votar na UIT
quinta-feira, 26 de setembro de 2002 , 19h41 | POR REDAÇÃO

Durante as eleições da UIT, que começam no próximo dia 1º de outubro, 26 países membros poderão ficar sem direito de votar. Isto porque há irregularidades na documentação e contribuições financeiras destes países. Segundo nota divulgada pelo secretário-geral da entidade, Yoshio Utsumi, problemas como a falta de contribuição financeira de adesão; de documentação de ratificação, aceitação ou aprovação da constituição da entidade; além do débito nas contribuições financeiras por período superior a dois anos, impedirão o exercício do direito de voto dos membros. Confira a lista de países que podem ficar sem votar:

* Países membros que não são signatários da UIT e que não aderiram à constituição da entidade: Angola, Antigua e Barbuda, Iraque, Kiribati, Líbia, Nauru, República Democrática do Congo, Serra Leoa e Somália.
* Países membros signatários que não apresentaram os documentos de ratificação, aceitação ou aprovação em conformidade e com atraso nas contribuições financeiras: Afeganistão, Granada e Libéria.
* Países membros signatários com atraso nas contribuições financeiras: Bolívia, Camboja, República do Congo, Geórgia, Guiné-Bissau, Haiti, Jamaica, Ilhas Marshall, Uzbequistão, Ilhas Seichelles, Taikistão, Chade e Turmekistão.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS
Não Eventos
Top