OUTROS DESTAQUES
Mercado
Investimento publicitário na TV paga cresce 42% em 2006
quarta-feira, 27 de junho de 2007 , 17h16 | POR DANIELE FREDERICO

A TV por assinatura teve um faturamento recorde com investimento publicitário em 2006. Segundo a publicação ?Mídia Fatos?, cuja sétima edição foi lançada nesta quarta-feira, 27, pela Associação Brasileira de TV por Assinatura (ABTA), o investimento publicitário em 2006 foi de R$ 529,9 milhões, o que representa um aumento de 42% em relação ao número de 2005. O share de publicidade do meio, que em 1998 era de 0,8%, hoje é de 3%.
As operadoras também tiveram aumento em seu faturamento, chegando a R$ 5,5 bilhões em 2006, levando em consideração as vendas de assinaturas e pay-per-view ? em 2005 foram R$ 4,66 bilhões. No total, o setor faturou mais de R$ 6 bilhões em 2006.
No número de assinantes, o aumento foi de 400 mil domicílios, passando de um total de 4,1 milhões em 2005, para 4,5 milhões em 2006. A partir do cálculo de 3,5 indivíduos por domicílio (Projeção PTS), são considerados 1,4 milhão de novos espectadores, totalizando 16 milhões de espectadores, concentrados nas classes A e B. Segundo o coordenador do Comitê de Marketing Publicitário da ABTA, Alberto Niccoli, para 2007 a expectativa é que o aumento na base de assinantes seja parecido com o deste ano, e que o faturamento publicitário cresça cerca de 20%. ?O aumento da publicidade não deve ser como o de 2006, já que esse foi um ano de Copa do Mundo?, diz. O diretor executivo da ABTA, Alexandre Annenberg, acredita que o crescimento da base de assinantes deve continuar no mesmo ritmo, já que há outros serviços que alavancam a TV por assinatura, como a banda larga.

Crescimento da mídia

O ?Mídia Fatos? ainda traz outros indicativos de que a TV por assinatura cresceu como meio publicitário. Em 2006 houve um aumento de 25% no volume de inserções publicitárias, mais de 700 anunciantes utilizaram o meio e 54% dos anunciantes e agências querem aumentar o investimento na TV por assinatura em 2007, segundo a publicação.
Entre os dados dos assinantes, o "Mídia Fatos" afirma que 80% são da classe AB, 56% da base assiste diariamente aos canais da TV por assinatura e 2h18 é o tempo médio dedicado diariamente ao meio.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

Principal encontro do mercado de satélites brasileiro

31 de agosto a 1 de setembro
Royal Tulip Rio de Janeiro, RJ, Brasil
Top