OUTROS DESTAQUES
Empresa pode partir para a politização da questão
quarta-feira, 27 de outubro de 1999 , 21h43 | POR REDAÇÃO

Fontes com boa circulação no Planalto acreditam que a MCI usará a mídia dos Estados Unidos na pressão contra o governo brasileiro e insistirá em "argumentos politizantes" em sua defesa, para envolver os gestores da privatização. "A empresa deve abandonar a tese de que não sabia da pendência tributária, o que seria absolutamente contestável, para jogar tudo no Acordo de Melbourne, dando a entender que o Brasil não atende a seus compromissos internacionais", disse uma das fontes. Esse acordo foi firmado entre países associados à União Internacional de Telecomunicações (UIT) e prevê que as chamadas internacionais sejam tributadas somente nos países em que elas tiveram origem. A divergência neste critério é, justamente, a base da taxação imposta pela Receita Federal.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS
Não Eventos
Top